Para quem gosta de Carnaval e deseja matar a saudade dos bons e velhos tempos de noites de folia, o Quiosque da Cultura apresenta a “Mostra Cultural Lembranças do Carnaval”. A exposição, promovida pela Fundação Municipal de Arte e Cultura, tem início nesta quarta-feira (12).

A exposição trará banners com imagens e textos, além de fotos de arquivo pessoal de moradores de Gravataí, que visitaram a mostra em 2013 e concordaram em partilhar suas lembranças de Carnaval.

José Carlos Sarmento da Fonseca é um desses cidadãos. Ele ajudou a fundar, em oito de fevereiro de 1950, o Cordão Carnavalesco Solteironas Aflitas. O grupo foi idealizado por René Elias, que teve em José e Oscar Donga, Luzardo Luz, Mario Sarmento Filho, Décio e Saul Ferreira o impulso para começar. A regra era que todos se vestissem com roupas de mulher, formando um cordão cômico. A tradição criou figuras como a noiva, a normalista do Dom Feliciano e outros personagens que se repetiam de Carnaval em Carnaval.

Outro colaborador que somou suas fotos à mostra é Eduardo Matos Dias, que há 32 anos faz parte da bateria da Sociedade Cultural e Beneficente Acadêmicos de Gravataí. Eduardo traz fotos de 1979, quando ainda criança já se divertia nos carnavais municipais. Mais tarde participou com um grupo de amigos da Ala dos Pandeiros, registrada em fotos nos anos de 1999 e 2000. Além de imagens, Eduardo também coleciona matérias de jornal para mostrar um pouco da trajetória da Onça Negra.

Segundo a diretora-presidente da Fundarc, Fernanda de Fraga, as antigas festas carnavalescas que aconteciam nos clubes e ruas da cidade, com a participação de blocos e cordões, são muito lembrados e celebrados pelos gravataienses.

Mostra Cultural Lembranças do Carnaval

Visitação: 12/02 a 07/03

Horário: 9h às 18h

Local: Quiosque da Cultura (Praça Leonel de Moura Brizola)

Iniciativa: Fundação Municipal de Arte e Cultura

Fonte: gravatai.atende.net

Créditos destaque: Divulgação/DCS