Nesta segunda-feira (29/08), o Brasil celebra o Dia Nacional de Combate ao Tabagismo, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre os malefícios do cigarro.

Já se sabe que, além trazer consequências negativas para o fumante, o cigarro também afeta as pessoas ao redor. Contudo, a lista de efeitos maléficos do fumo é bastante extensa e inclui relação com doenças pulmonares, cânceres e consequentes óbitos.

Confira abaixo oito razões para se manter bem longe do cigarro:

– A fumaça do cigarro contém cerca de 4,7 mil substâncias tóxicas diferentes e muitas delas são cancerígenas;

– Assim que tragada, a fumaça provoca alterações no organismo, como aumento da pressão arterial e dos batimentos cardíacos e constrição dos vasos sanguíneos;

– O tabagismo está ligado a 50 tipos de doenças como câncer de pulmão, de boca e de faringe, além de estar relacionado a problemas pulmonares e cardíacos;

– Algumas lesões causadas pelo cigarro, como no caso do enfisema, são irreversíveis;

– No Brasil, 23 pessoas morrem por hora em função de doenças ligadas ao tabagismo;

– Crianças nascidas de mães que fumaram durante a gestação apresentam atraso no aprendizado;

– Os fumantes passivos também podem desenvolver doenças relacionadas ao fumo.

Fonte: Zero Hora

Créditos Destaque: Prefeitura de Gravataí