A Câmara de Gravataí realizou, nessa quinta-feira (12), Reunião Solene para entrega do Prêmio Promotor(a) da Paz 2013. A premiação está na sua 9ª edição, e é concedida a pessoas jurídicas, organizações da sociedade civil e órgãos públicos com ações comprometidas com a Cultura de Paz. Este ano, foram premiados cinco projetos em quatro modalidades.

Além dos vereadores integrantes da Mesa Diretora do Legislativo (presidente, Nadir Rocha, vice-presidente, Roberto Andrade, 1° secretário, Evandro Soares, 2ª secretária, Maribel Wagner), participou da entrega da premiação o vice-prefeito, Francisco Pinho, representando o Poder Executivo.

O Prêmio Promotor(a) da Paz foi instituído através da Resolução nº 05/2005 com o objetivo de reconhecer e valorizar as iniciativas existentes na cidade que, através de seus trabalhos e atividades, favoreçam a construção da Cultura de Paz e da superação das várias formas de violência. São sete categorias de premiação: Pessoa Jurídica; Organizações Não Governamentais ou Associações da Sociedade Civil Sem Fins Lucrativos; Órgão Público; Melhor Campanha Publicitária que Envolva o Tema da Paz; Escola; Ação de Preservação do Meio Ambiente e Destaque Especial Prêmio Promotor(a) da Paz. 

PROJETOS PREMIADOS:

Modalidade Órgão Público

Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – SEMURB

Projeto: Programa Municipal de Segurança e Educação para o Trânsito – PROMSET

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – SEMURB idealizou o “Programa Municipal de Segurança e Educação para o Trânsito – PROMSET 2020”, um conjunto de medidas intersetoriais que têm como objetivo aumentar os níveis de segurança dos usuários do trânsito e reduzir o número de acidentes no município de Gravataí. As ações, metas e cronogramas de execução, visam disseminar, no município, uma cultura de segurança no trânsito. O projeto busca diagnosticar a situação atual e prospectar o futuro do trânsito na cidade, identificando os fatores de risco por meio de dados estatísticos e cenários futuros em quatro diretrizes: fiscalização, educação para o trânsito, infraestrutura viária e atendimento pré-hospitalar. Lançado em 2013, o projeto já realizou diversas ações em praticamente todas as diretrizes estratégicas, alcançando a marca de 2.073 pessoas atingidas pelas atividades do programa.

Modalidade Associação da Sociedade Civil Sem Fins Lucrativos

Associação dos Artistas Visuais do Vale do Gravataí – AGIR

Projeto: Conhecendo Gravataí com Medonha!

A AGIR apresenta o projeto “Conhecendo Gravataí com a Medonha!”, da artista visual Denise Lopes Pacheco. Apaixonada pela arte e pela cidade de Gravataí, Denise vinha com a ideia de fazer um livro em formato pequeno e dirigido às crianças há muito tempo. E, assim, lançou o livro “Conhecendo Gravataí com a Medonha”. O objetivo do livro é de possibilitar às crianças o acesso aos pontos turísticos, históricos e artísticos de Gravataí. O lançamento da obra foi em junho de 2013, na sequência das comemorações do aniversário de 250 anos de Gravataí. Desde então, o livro vem sendo distribuído gratuitamente em escolas e outros eventos do município e em Cachoeirinha. “Conhecendo Gravataí com a Medonha!” trouxe resultados positivos para a autora, pois, além da aproximação do público com a sua cidade, houve um resgate de autoestima, a valorização histórica e familiar e a ampliação da visão de mundo.

Modalidade Escola

Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos – GENSA

Projeto: Valorizando a Vida

O projeto do Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos – GENSA, “Valorizando a Vida”, é realizado desde 2010, envolvendo todas as modalidades de ensino, além de lançar, em parceria com instituições afins, estratégias para mobilizar a paz no trânsito. As ações têm como público alvo toda a comunidade escolar e a sociedade, com o objetivo de conscientizar a comunidade Cenecista e da região, através de várias atividades, de que educar-se para um trânsito seguro diminui o número de acidentes, não só nas vias urbanas, como também nas rodovias estaduais e federais. As atividades, como palestras e exibições de vídeos, foram realizadas na escola. Já, fora dela, ocorreu a distribuição de folders e adesivos. A abordagem sobre a doação de sangue e órgãos surgiu durante o projeto. Alunos do 2º ano do Ensino Médio, juntamente com os professores coordenadores, partiram para uma mobilização que teve ótimos resultados. Mais de 100 litros de sangue foram doados e dezenas de pessoas solidarizaram-se para doarem os seus órgãos.

Escola Municipal de Ensino Fundamental Instituto Baha'i

Projeto: Respeitando as diferenças

Com o intuito de desenvolver uma postura de tolerância em relação à diversidade e de formar uma consciência de respeito às diferenças, a EMEF Instituto Baha'i lançou o projeto “Respeitando as diferenças”, com atuação dentro e fora do contexto escolar. Durante o projeto, que ocorreu no período letivo de 2013, foram realizadas diversas atividades: sensibilização dos pais, alunos, professores e funcionários, através de palestras, dinâmicas e vídeos sobre o assunto; rodas de conversas e reuniões para avaliação do projeto. Além de contações de histórias, com a utilização de vários recursos pedagógicos visando ao objetivo do projeto; e peças teatrais envolvendo os quatro segmentos da escola, sempre tendo como temática a questão do respeito às diferenças. 

Modalidade Ação de Preservação do Meio Ambiente

Condomínio Vitória

Projeto: Reciclar com Vitória

O projeto “Reciclar com Vitória”, do Condomínio Vitória, consiste na conscientização dos moradores sobre a preservação ambiental, classificação correta dos resíduos e venda do material reciclável recolhido no prédio. São garrafas plásticas, garrafas de vidro, plástico duro (como cadeiras e baldes) e tampas de garrafas destinadas corretamente. Há, ainda, o reaproveitamento do óleo de cozinha, que é utilizado para produzir sabão. Com a venda dos resíduos, o condomínio gera uma fonte de renda adicional, que é utilizada em melhorias no prédio.

Fonte: CMV/Gravataí

Créditos destaque: CMV/Gravataí