Manifestações populares ofuscaram o duelo da seleção brasileira contra o México na tarde desta quarta-feira (19/6), pela Copa das Confederações. O jogo, referente à segunda rodada da competição, terminou em 2 a 0 para o Brasil, com golos de Neymar, aos nove minutos do primeiro tempo, e de Jô, aos 48 do segundo. Com o resultado, o Brasil segue na liderança do grupo A, alcançando os seis pontos.

Os protestos começaram por volta das 10h nos arredores da Arena Castelão, onde ocorreu a partida. Os manifestantes, que bloquearam duas das quatro vias de acesso ao estádio, bradavam contra a corrupção e o gasto excessivo para a realização da Copa do Mundo. O confronto com a polícia começou próximo ao meio-dia, quando, ao serem impedidos de prosseguir a caminhada, tentaram furar a barreira. Dentro da Arena, o clima também foi tenso: parte da torcida virou as costas para o gramado no momento da execução do hino nacional.

Fonte: Terra

Crédito capa: Getty Images