O Governo Federal anunciou hoje (19/02), a ampliação do Programa Brasil sem Miséria. A partir de março, cerca de 2,5 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família irão receber um complemento para alcançar a renda mínima de R$ 70 por pessoa, considerando o patamar que supera a linha da extrema pobreza.

Apesar de eliminar a pobreza extrema das famílias beneficiadas, o Ministério do Desenvolvimento Social estima que ainda existam, aproximadamente, 2,52 milhões de brasileiros não identificados e cadastrados nos programas sociais vivendo em situação de miséria. Para erradicar o problema, é preciso localizar e incluir essas pessoas no Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico).

Fonte: Agência Brasil

Créditos destaque: Reprodução site japostei.com