Marco integra a Cadica Cia. de Dança. Foto: Divulgação

Na última quinta-feira (5/3), o gravataiense Marco Van Teffelen, que integra a Cadica Cia. de Dança, recebeu a indicação ao Prêmio Açorianos, na categoria Destaque em Flamenco, por sinalizar a possibilidade inovadora da bata de cola ser praticada por homens na cena local. A entrega aos melhores do ano (referente a 2019) acontecerá no dia 31 de março, no Teatro Renascença, em Porto Alegre. “Meus agradecimentos a todos que trilharam comigo esse caminho. Que frio na barriga! Que surpresa boa! Que felicidade que não cabe em mim! Obrigado a Cadica, pela escola acolhedora, das quais vivi e vivo tantos anos; a querida amiga e professora Emily Borghetti, que me presenteou com um número lindo no nosso espetáculo Pulsar. E a minha mestra Ana Medeiros, que segurou na minha mão e disse voa!”, ressalta o bailarino.

Rumo ao Uruguai

Marco está de malas prontas para uma turnê com a Cadica Cia de Dança por cidades da fronteira com o Uruguai, com o espetáculo Pulsar – O Som que Toca a Alma. Giulliano Pacheco é outro bailarino de Gravataí que está entre os 13 integrantes da viagem. No dia 14 de março, o grupo levará o show para Rio Grande, no Theatro Municipal. No dia 15, a apresentação ocorre em Pelotas, no Del Patio, e no dia 16, em Jaguarão, no Theatro Esperança.