Foto: Divulgação/PMG

O retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino está marcado para 8 de fevereiro. A volta ocorrerá respeitando o rodízio de 50% do número total de alunos por sala de aula. Para isso, está sendo adotado um sistema híbrido, em que os alunos se revezarão entre aulas presenciais e atividades domiciliares, semanalmente. “Estamos preparando tudo para que a volta às aulas se dê da maneira mais segura possível, tanto para os alunos quanto para os profissionais da educação. O sistema híbrido de ensino proporcionará que os alunos retornem às salas de aula sem causar aglomerações no ambiente escolar. Vale ressaltar que o retorno das aulas presenciais não é obrigatório, e a família pode optar por permanecer recebendo as atividades não presenciais”, explica o prefeito Luiz Zaffalon.

Como será o retorno

Os professores retornarão às atividades no dia 1° de fevereiro e passarão por uma formação. Já os alunos serão divididos em dois grupos. O grupo 1 retorna à escola no dia 8, sendo a primeira semana para a fase de acolhimento, treinamento do plano de contingência, protocolos sanitários e conversas com alunos e famílias sobre orientações. Na próxima semana será a vez dos alunos do grupo 2 receberem todas as orientações.  Na terceira semana serão aplicadas as avaliações diagnósticas e provas de avaliação que indicarão os índices de aprendizagem do ano passado.

De acordo com a Prefeitura, as 75 escolas da rede municipal e conveniadas estão prontas para receber os alunos. Todas estão com seus planos de contingência aprovados pelo Centro de Operações de Emergência (COE). Equipamentos de proteção como máscaras, álcool em gel e lixeiras com pedal também foram adquiridos para manter a segurança no ambiente escolar. As escolas conveniadas da rede de educação infantil retornaram suas atividades presenciais na última segunda-feira (11/1), seguindo os mesmos protocolos.

Fonte: Prefeitura de Gravataí