Um homem suspeito de ser um dos líderes da quadrilha que assaltava bancos com explosivos e um dos mentores do bando responsável por ataques a carros-fortes foi preso em Gravataí na manhã desta quarta-feira (12/09). Sérgio Rudinei Bauermann (33) – o “Danota” –  anos, foi encontrado em uma casa alugada na zona rural da cidade através de uma ação conjunta da Brigada Militar e Polícia Federal.

Na residência, foram apreendidos uma pistola calibre 9 milímetros, um colete à prova de balas, um rádio com acesso à frequência utilizada pela polícia e diversos telefones celulares e chips. Bauermann foi encaminhado à sede da Polícia Federal em Porto Alegre.

"Danota" tem relação com os crimes cometidos por José Carlos dos Santos, o Seco, que é um assaltante conhecido em todo o estado, tendo no “currículo” assaltos a carros blindados em rodovias, nos quais eram baseados na colisão de caminhões contra carros-fortes, resultando na imobilização dos mesmos. Preso desde 2006, Seco está detido na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), condenado a mais de 21 anos por realizar pelo menos 14 acusações desde 2002.

Foragido da colônia penal de Venâncio Aires desde 25 de abril deste ano, "Danota" se dedicava à explosão de caixas eletrônicos bancários. Ele é indiciado em 12 inquéritos policiais, entre eles por formação de quadrilha.

Fonte: Zero Hora

Créditos destaque: Ronaldo Bernardi/AgênciaRBS