Foto: Tom Peres

O projeto de circulação da obra teatral, De La Mancha: O Cavaleiro Trapalhão da Rococó Produções Artísticas e Culturais foi contemplado com verba suplementar em edital da Secretaria de Estado da Cultura, através da Lei Aldir Blanc. A proposta De La Mancha nos CEUS, enviada por Henrique Gonçalves, irá realizar apresentações teatrais, bate-papo com os artistas, oficinas culturais, tradução em Libras, registro em vídeo e fotos e diversas outras ações de acessibilidade e inclusão em sete Unidades do Centro de Artes e Esportes Unificados do Estado do RS.

O trabalho, que já coleciona oito premiações, se vale de teatro, dança, música e flamenco para discutir temas como a amizade e a lealdade, as relações de poder e a imaginação através da leitura. O elenco é formado por  Guilherme Ferrêra e Henrique Gonçalves, que vivem, respectivamente, Dom Quixote e Sancho Pança. A trilha sonora original é de Pedro Borghetti. “Esse projeto foi idealizado com muito carinho, após convite do projeto Cartografia dos Palcos das idealizadoras Michele Rolim e Silvia Abreu, e eu como agente cultural, pude conhecer de perto os espaços e identificar o trabalho desenvolvido em cada um desses centros que fazem extrema diferença na vida das pessoas que o frequentam”, conta o proponente. Recentemente, outra proposta da Rococó foi contemplada. Nesse caso, o espetáculo selecionado foi Era uma Vez: Contos, Lendas e Cantigas.