A menos de dois meses do verão, muitas pessoas procuram correr atrás do prejuízo para perder os quilos extras adquiridos no inverno. Para chegar lá, nada de dietas radicais. A base é uma alimentação saudável e equilibrada, acompanhada de atividades físicas regulares.

Confira seis dicas para uma dieta desintoxicante, que deve ser feita por dois dias na semana:

1. Beba água
Como o verão está próximo e o calor tende a aumentar, é importante ficar atento quanto ao consumo de água. Tome no mínimo 1,5 litro de água pura, que ajuda a hidratar o organismo, eliminar inchaços (muito comuns no verão) e auxilia na eliminação de toxinas. Outros líquidos também são bem-vindos, como sucos de fruta, água de coco, chás (como chá verde, branco, hibisco, cavalinha, que são chás diuréticos e ajudam a combater a retenção de líquido). Mas é importante ressaltar que sucos e chás não substituem a água.

2. Invista em frutas e legumes
Inclua alimentos que ajudam na desintoxicação do organismo: melancia, melão, maçã, pera, abacaxi, kiwi, tomate, brócolis, arroz integral, couve, mel, gengibre, canela, berinjela, hortelã, salsão. Dê preferência às saladas de folhas frescas.

3. Evite industrializados
No dia que fizer a dieta desintoxicante, evite alimentos industrializados, carne vermelha, refrigerantes, café, frituras, embutidos, enlatados, doces e salgados de padaria, fast foods, bebidas alcoólicas, alimentos ricos em açúcar, gordura e sódio.

4. Faça seis refeições
Faça de cinco a seis refeições, sendo que os lanches que intercalam as refeições principais devem ser leves, como frutas, gelatina, salada de fruta, castanhas, sucos. O importante é não ficar mais de três horas sem se alimentar.

5. Aposte em sucos
Prepare um suco desintoxicante batendo no liquidificador uma xícara de chá verde ou branco gelado, duas fatias de abacaxi, cinco folhas de hortelã e uma colher (sobremesa) de mel. Tome, de preferência, pela manhã, em jejum, ou no lanche.

6. Seja paciente
Tenha paciência e determinação. É melhor conquistar a boa forma gradualmente e conseguir mantê-la, do que emagrecer muito rápido e depois engordar tudo de novo.

Fonte: Zero Hora

Créditos Destaque: emagrecerhoje.com