Em uma cerimônia realizada no plenarinho, o padre José Flach, recebeu a Medalha da 53º Legislatura em nome da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Antes de receber a medalha, o padre José, cantou Sou Maria, sou Fátima, sou Feliz. “Nossa igreja segue cheia de desafios. Precisamos ler os sinais dos tempos. Ouvir os idoso, para refletir sobre os erros do passado, e escutar os jovens para despertar a esperança. Agradecemos o reconhecimento à história da Paróquia e continuamos trabalhando em comunidade”, disse.  

O irmão Antônio Cechin, que aos 87 anos ainda atua em pastorais da periferia, lembrou que uma das primeiras reuniões inspirada na Teologia da Libertação foi feita ao lado do padre Sérgio Fritzen, na Paróquia de Fátima. “A Teologia da Liberação é o diferencial da nossa igreja: Jesus, um homem como nós, com a opção pelos mais pobres. Como dizia dom Pedro Casaldália, um pássaro não voa com uma só asa. A igreja precisa de uma asa na fé, outra na política, para mexer com as massas e promover mudanças sociais”, disse o irmão. 

O padre Gelson Ferreira alertou para o papel da igreja "num mundo individualista, que relativiza os valores e o papel da família. Onde a igreja é instrumento para se construir um mundo melhor”, acredita.

 

Fonte: Rafael Martinelli

Crédito destaque: Divulgação