Importante na limpeza da casa, o aspirador de pó “acumulou”, ao longo dos anos, muitos mitos sobre a sua utilização, além de gerar curiosidades. Por exemplo, sabia que os brasileiros estão entre os que passam mais tempo utilizando o aspirador de pó? É o que mostra uma pesquisa realizada este ano em 23 países. Abaixo, confira cinco mitos e cinco curiosidades sobre o aparelho que derrubou algumas barreiras que atrapalhavam a faxina doméstica.

Mitos

1. Faz mal à saúde. Acredita-se que o uso do aspirador de pó agrava os sintomas de quem tem doença respiratória. Mas isso não vale para os aparelhos que possuem o filtro HEPA, que filtra 99,9% do ar que passa pelo aspirador, devolvendo ao ambiente um ar livre de impurezas.

2. Não aspira água. Antigamente, aspirar água com o aspirador de pó era uma tarefa impensável, já que o líquido poderia prejudicar o funcionamento do aparelho. Atualmente, no entanto, já existem produtos que aspiram água e pó em um só, sem prejudicar seu funcionamento.

3. Consome muita energia. Com o avanço da tecnologia e a preocupação com o meio ambiente, os aparelhos têm sido desenvolvidos para consumirem menos energia. Hoje em dia, há opções bem econômicas, por exemplo, 4 horas de uso de aspirador de pó gastam quase a mesma energia do que 30 minutos de chuveiro (fonte Coelba).

4. Não limpa pelos. Talvez, o pior dos mitos. Hoje já existem opções de aparelhos para se livrar dos pelos de cães e gatos, por exemplo, e deixar a casa limpinha. Além disso, alguns aspiradores já possuem bocal específico para facilitar a limpeza.

5. Não limpa cantos. Já existem bocais especiais projetados para isso, assim como aspiradores com LEDs, para facilitar a limpeza de lugares de difícil acesso e escuros.

Curiosidades

1. Mais tempo. Brasileiros são um dos campeões entre os usuários que passam mais tempo utilizando o aspirador de pó: 78,7% dos entrevistados ultrapassam os 30 minutos chegando, algumas vezes, até quatro horas.

2. Sem roupa. Durante o uso do aspirador de pó, roupas casuais são as campeãs na média global (69%) e ainda mais entre os brasileiros (72,5%). Já para os sul-coreanos, a maioria (75,9%) prefere trajes esportivos para aspirar o lar. Alguns países preferem, ainda, mais conforto na escolha da roupa: 13,5% dos colombianos preferem apenas underware ou nada.

3. Empregadas domésticas. Apenas 1% da média global dos entrevistados afirma que o aspirador de pó em sua casa é operado por um empregado doméstico. No Brasil, essa média é cinco vezes maior.

4. Música sertaneja. Entre brasileiros que preferem ouvir música durante o uso do aspirador de pó, os ritmos campeões na escolha são a música sertaneja (13,4%), o pop (13,1%) e o rock´n roll (12,2%). Outras 22,2% responderam que ouvem uma mistura de diversos ritmos.

5. Bom de dança. 6,6% dos brasileiros, além de ouvir música, ainda arriscam alguns passos e afirmam dançar enquanto utilizam o eletrodoméstico.

Pesquisa Global de Aspiradores de Pó Electrolux 2013 realizada com 28 mil pessoas e em 23 países (Brasil, Inglaterra, Suécia, Alemanha, Japão, China, Japão, Austrália, Tailândia, Coreia, Dinamarca, Portugal, Noruega, Polônia, Rússia, Finlândia, Turquia, França, Colômbia, Canadá, Argentina, Chile e México).

Fonte: Burson-Marsteller Brasil 

Créditos destaque: Sxc.hu