Esta sempre prometeu ser uma Copa do Mundo da FIFA especial. Sediada por uma nação que representa a essência do esporte das multidões, a 20ª edição do evento mundial nunca deu a entender que seria como as outras. E ela não decepcionou. O Brasil foi extraordinário em todos os sentidos: estádios lotados, torcidas apaixonadas, emoções, surpresas e um número recorde de gols.

O Brasil e o mundo viram a Alemanha se recuperar em grande estilo. Tetracampeã, a seleção de Joachim Löw foi a primeira europeia a ganhar o Mundial nas Américas. Pela terceira vez, a Copa teve prorrogação na final. Desta vez, foi Mario Götze quem assumiu o papel de herói, desempenhado porAndrés Iniesta em 2010.

O brilhante gol do título, marcado aos oito minutos do segundo tempo da prorrogação, manteve a hegemonia do Velho Continente, que chegou ao recorde de três títulos consecutivos. O gol esteve à altura do majestoso e incomparável Maracanã, que concluiu de forma inspiradora um torneio absolutamente inesquecível.

Fonte: Fifa

Crédito destaque: Fifa