NOTÍCIAS

Sua solidariedade vai trazer esperança para a família de Thomas

Garoto tem Atrofia Muscular Espinhal (AME)

A família de Thomas Nathanael Oliveira, de 12 anos, realiza uma campanha para arrecadar verbas para o seu tratamento. O garoto tem uma doença rara chamada Atrofia Muscular Espinhal (AME), que causa a perda dos movimentos e complicações respiratórias. Conforme os médicos, não há cura, porém experimentos desenvolvidos no exterior com um remédio denominado Spinraza indicam a possibilidade de grandes melhorias, como a interrupção da progressão da enfermidade. Em alguns casos, acredita-se, inclusive, na recuperação de movimentos. No Brasil, a medicação foi liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) somente no final de agosto. Enquanto aguardam a comercialização do medicamento, os moradores se mobilizam para arrecadar recursos, através da campanha AME o Thomas. A estimativa é de que a primeira fase do tratamento custe aproximadamente R$ 3 milhões.
 
Segundo a mãe, Aline da Silva Liotti Oliveira, embora caríssima, a medicação corresponde ao tratamento por um ano, com seis injeções. Ela não sabe o quanto o filho poderá melhorar com o uso do Spinraza, mas está esperançosa. A Atrofia Muscular Espinhal acomete um em cada dez mil bebês. A doença está dividida em quatro tipos. Thomas tem o tipo II ou AME intermediária, que é aquela na qual os sintomas aparecem entre os seis meses e dois anos de idade. Neste quadro, as crianças geralmente conseguem ficar sentadas, quando colocadas nessa posição. Algumas conseguem andar com apoio.
 
Saiba como ajudar
Para doar qualquer quantia à campanha AME o Thomas, você pode fazer um depósito (Bradesco, banco 237, agência 0877, conta 1000017-3, CPF 025.210.770-54). É possível contribuir através do site Vakinha até 17 de dezembro. Outra forma de ajudar é patrocinando a produção de camisetas e copos que são vendidos a R$ 30,00 e R$ 15,00. Mais informações pelo telefone 98456-9399. Na próxima edição da Revista Evidência, você poderá conferir, na seção Solidariedade, a reportagem completa sobre a mobilização para ajudar o Thomas.
 
comentários (0) faça seu comentário

- nenhum comentário foi encontrado para esta notícia.